Multinacional doa R$ 5,7 milhões e estimula ações a favor das crianças

A alemã Bayer destinará R$ 2 milhões para serem empregados em ações que busquem minimizar os efeitos da pandemia no público infantil

Crianças e adolescentes carentes terão prioridade

Crianças e adolescentes carentes terão prioridade

Pixabay

A multinacional alemã Bayer, fabricantes de produtos químicos nas áreas de saúde e agricultura, anunciou a doação de R$ 5,7 milhões para o combate à pandemia de covid-19 no Brasil.

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

A empresa vai destinar cerca de R﹩ 2,8 milhões para o projeto Arrecadação Solidária, do governo federal; cerca de R﹩ 2 milhões para o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef); e aproximadamente R﹩ 900 mil para a compra de itens de segurança e insumos hospitalares.

Em nota, a Bayer anunciou que selecionou instituições e projetos já estruturados, de abrangência nacional, que atingissem populações vulneráveis em regiões carentes, e que tivessem processos de governança e transparência claros. 

A contribuição para a Unicef será empregada em ações com foco em crianças e adolescentes pobres, moradores de periferias e favelas das grandes capitais, moradores de municípios menores e mais pobres na Amazônia e no semiárido, e migrantes.

A compra de itens de segurança e materiais hospitalares será destinada aos órgãos públicos de saúde, especialmente das cidades onde a empresa possui unidades produtivas.

"A crise provocada pela pandemia de Covid-19 desafia a todos nós, por isso a colaboração entre os setores privado, público e a sociedade será a chave para o enfrentamento deste desafio no Brasil e no mundo" diz Marc Reichardt, CEO da Bayer Brasil. 

O site da empresa publicou uma homenagem, em vídeo, aos profissionais da saúde que atuam no combate ao novo coronavírus.