Virtz ONG distribui 4 mil refeições para moradores de rua de SP e Osasco

ONG distribui 4 mil refeições para moradores de rua de SP e Osasco

Ação da Moradores de Rua e seus Cães começou na quinta-feira (7) e deve continuar até o final de maio, com 200 marmitas entregues por dia

  • Virtz | Mariana Morello, do R7*

ONG distribui 4 mil refeições para moradores de rua de SP e Osasco

ONG distribui 4 mil refeições para moradores de rua de SP e Osasco

Reprodução/Moradores de rua e seus cães

Durante o mês de maio, moradores de rua do bairro da Vila Leopoldina, região do Ceasa, Pirituba e de Osasco, receberão 200 refeições por dia. A distribuição de marmitas teve início no quinta-feira (7) e deve acontecer até o final do mês, totalizando mais de 4 mil marmitas entregues. 

A iniciativa é da ONG MRSC - Moradores de Rua e seus Cães, em parceria com o SESI-SP. "Por conta do isolamento social, o número de doações aos moradores de rua caiu drasticamente. Enquanto muito se fala sobre qual deve ser o papel do governo neste delicado momento, nós vamos buscar fornecer algum alento a quem está esquecido", explica Edu Leporo, fotógrafo e fundador da ONG.

Caminhoneiros também recebem as marmitas, para atender um apelo da Polícia Rodoviária. Foram distribuídas 200 refeições e águas aos caminhoneiros de Osasco. A próxima ação deste tipo será feita dia 21, no Rodoanel.  

Outras ações

No domingo (11), Dia das Mães, o MRSC realizou sua 49º ação social, a segunda edição da ação MRSC/Ocupa, que leva mantimentos para ocupações em São Paulo, durante a pandemia. Duas ocupações foram beneficiadas e 120 famílias receberam cestas básicas, cestas de limpeza, frutas, kits de higiene infantil, máscaras de proteção e vitamina D (para aumentar a imunidade em época de pandemia do novo coronavírus). Algumas famílias também receberam rações e petiscos para cães e gatos. 

A MRSC foi criada em 2012 pelo fotógrafo na cidade de São Paulo e já organizou mais de 45 ações, atendendo uma média de 13.500 moradores de rua e 1.800 animais em 10 capitais brasileiras. Com uma equipe de médicos veterinários, responsável pelas medicações e tratamento dos animais, a instituição também conta com o apoio de outras ONGs e iniciativa privada para prestar atendimentos ao público que vive abaixo da linha da pobreza.

As contribuições podem ser feitas em dinheiro ou em produtos, e são arrecadadas por meio da página @moradoresderuaeseuscaes no Instagram.

*Estagiária do Portal R7 sob a supervisão de Clarice Sá

Últimas