Paralímpicos incentivam nova geração de atletas com deficiência

‘É incrível poder fazer parte de algo muito maior que você e realmente apenas ajudá-los’, disse medalhista norte-americano do snowboard

Paratletas norte-americanos deram exemplo contra o esporte adaptado

Paratletas norte-americanos deram exemplo contra o esporte adaptado

Divulgação

Dois atletas paralímpicos ajudaram a romper a barreira do preconceito ao esporte adaptado. Os norte-americanos Keith Gabel e Hailey Danz trataram de apresentar equipamentos a pessoas com deficiência para incentivar uma nova geração de esportistas.

Durante um dos maiores festivais de esportes de inverno para pessoas com deficiência, nos Estados Unidos, três participantes e dois clubes foram surpreendidos com US$ 100.000 (mais de R$ 407.000) em equipamentos esportivos adaptáveis.

Gabel, duas vezes medalhista paralímpico dos EUA em snowboard, e Danz, medalhista em triatlo, contaram como é superar adversidades no esporte.

"Essas pessoas são tão merecedoras. Elas trabalharam tanto para chegar onde estão. É incrível poder fazer parte de algo muito maior que você e realmente apenas ajudá-los a manter um estilo de vida ativo.”

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Do 'surfe de jeans' à consagração em Pipeline: conheça Ítalo Ferreira