Paratleta que superou câncer se prepara para subir monte Everest

João Carlos, o João Saci, passará por 11 dias de caminhada e mais 94 km, no ar rarefeito da montanha. Acampamento base fica a 5.545 metros de altitude

Acampamento base do monte Everest fica a 5.545 metros de altitude

Acampamento base do monte Everest fica a 5.545 metros de altitude

Divulgação

Montanha mais emblemática do mundo, o Everest é o desafio a ser alcançado por João Carlos, o João Saci, como o paratleta é conhecido nas redes sociais. Depois de perder uma perna e parte de um pulmão devido a um câncer, ele agora se prepara para a aventura até o acampamento base, localizado a 5.545 metros de altitude.

Ao todo, serão 11 dias de caminhada para percorrer 94 km de trekking, que exigem, claro, muita preparação física. Crossfit, caminhada e treinos respiratórios prescritos pela fisioterapeuta fazem parte da rotina diária do paratleta.

João Saci treina crossfit

João Saci treina crossfit

Divulgação

“Só tenho um pulmão em pleno funcionamento e isto vai exigir muito de mim, já que o ar é muito rarefeito em grandes altitudes”, disse.

Leia mais: Campeão do Super Bowl paga taxas para adoção gratuita de cães

João Carlos  foi diagnosticado cinco vezes com câncer e perdeu mais da metade do pulmão esquerdo e uma das pernas na luta contra a doença.

“Sempre fui apaixonado por montanha. Quando assistia ao filme do Highlander, que se passa nas regiões montanhosas da Escócia, aquilo me fascinava”, explicou.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Site diz que Kobe e filha foram enterrados em cerimônia particular