Virtz Parceria inicia projeto para ajudar mulheres vítimas de violência

Parceria inicia projeto para ajudar mulheres vítimas de violência

Instituto Mary Kay e Projeto Justiceiras buscam romper o ciclo de violência doméstica e transformar a vida de mulheres por meio da união e do suporte

  • Virtz | Do R7

Parceria buscar ajudar mulheres vítimas de violência doméstica

Parceria buscar ajudar mulheres vítimas de violência doméstica

Karolina Grabowska/Pexels

No Brasil, os números mostram que a violência doméstica coloca em risco a vida de milhares de mulheres diariamente. E, durante o isolamento social imposto devido à pandemia do novo coronavírus, os índices ficaram ainda piores.

Desde a sua fundação, a marca de cosméticos Mary Kay tem como propósito enriquecer a vida das mulheres por meio de uma oportunidade de negócio único, para que elas possam ser donas de suas próprias histórias. O instituto da empresa apoia causas que combatem a violência contra a mulher e, atualmente, iniciou uma parceria com o Projeto Justiceiras, do Instituto Justiça de Saias.

Fundados pela Promotora de Justiça Gabriela Manssur, o Instituto Justiça de Saia e a Ação Justiceiras são dedicados à promoção e defesa dos direitos das mulheres, reunindo serviços que visam prevenir e enfrentar a violência doméstica, com atendimento jurídico, psicológico e médico.

Como parceira, a Mary Kay viabilizará atendimento especial, oferecendo às mulheres de todo Brasil, além das colaboradoras e consultoras de beleza independentes, orientação Jurídica, assistência social e psicológica (online e presencial), acolhimento e encaminhamento para os serviços disponíveis, como Defensoria Pública, Ministério Público, Delegacias, Poder Judiciário, Casa da Mulher Brasileira, abrigos temporários e sigilosos e demais serviços existentes no local em que a vítima sofreu violência.

A iniciativa complementa o apoio da Mary Kay para a campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica, uma união entre a AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) com o objetivo de incentivar as denúncias de violência doméstica. Ao desenhar um "X" vermelho na palma da mão, a vítima poderá mostrar para os profissionais de uma das 10 mil farmácias parceiras espalhadas pelo Brasil e receber o auxílio necessário.

#JuntasPelaLiberdadedeTodas

Número de atendimento especial Mary Kay do WhatsApp: (11) 99639-1212
Para mais informações sobre o Projeto Justiceiras: justiceiras.org.br.

Últimas