Pitbull que teve patas decepadas por vizinhos ganha cadeira de rodas

Sansão foi torturado, amarrado com arame farpado e teve patas traseiras cortadas com facão; cachorro também vai ganhar próteses de presente

Sansão teve patas traseiras cortadas com um facão

Sansão teve patas traseiras cortadas com um facão

Arquivo pessoal

Um cão da raça pitbull foi torturado em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. Sansão foi amordaçado com arame farpado e teve as patas decepadas com um facão pelo vizinho. O caso aconteceu na última segunda-feira (6).

Após a divulgação do fato, algumas pessoas se sensibilizaram com a situação do animal. A Pés de Pets, fabricante de equipamentos para animais domésticos, doou uma cadeira de rodas para o cachorro. Outras empresas entraram em contato com o dono do animal oferecendo próteses, mas a cirurgia ainda precisa ser avaliada pelos veterinários.

Amordaçado e torturado

Na tarde da última segunda-feira (6) o comerciante Joaquim Dias encontrou seu pitbull sangrando e sem as duas patas traseiras. O cão estava no pátio de uma empresa de transportes que fica ao lado da loja de Joaquim. O dono do cachorro suspeita que pessoas que trabalham na empresa ao lado sejam os responsáveis pela agressão.

Sansão foi atendido por uma veterinária particular e depois transferido para o hospital-escola da Faculdade Arnaldo, que fica no bairro Olhos D’Água, na região Oeste de Belo Horizonte. A veterinária Taciana Lima, responsável por atender o pitbull, disse que o cão teve anemia devido à grande perda de sangue e precisou receber uma transfusão. Segundo Taciana, o estado do animal é estável e ele vem se recuperando bem.

— Sansão é um cãozinho muito forte. Se ele fosse de outra raça, provavelmente não teria resistido.

O MPMG (Ministério Público do Estado de Minas Gerais) afirmou, através das redes sociais, que está apurando o fato.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento