Virtz Programa de apoio a idosos doa mais de 5 toneladas de alimentos

Programa de apoio a idosos doa mais de 5 toneladas de alimentos

Ação é o que especialistas chamam de ‘novo terceiro setor’, unindo a expertise empresarial aos objetivos sociais

Idosos são um grupo vulnerável à fome e à insegurança alimentar

Idosos são um grupo vulnerável à fome e à insegurança alimentar

Reprodução/Pexels

A pandemia agravou a situação de milhões de brasileiros que enfrentavam dificuldades socioeconômicas, e agora se vêem obrigados a enfrentar um inimigo sem tamanho: a fome. Nesse cenário impreciso, os idosos são vítimas invisibilizadas, pois muitas vezes estão sozinhos, com mobilidade reduzida e enfrentando dificuldades financeiras.

Focando nesse problema social, surgiu no ano passado o Programa de Segurança Alimentar para Idosos (PROSAI), que trabalha em prol da segurança alimentar. A ação fornece alimentos de qualidade para oferecer uma dieta balanceada e permanente aos idosos participantes que participam do programa.

Os alimentos e outros produtos de assistência gerontológica captados são oferecidos na forma de cestas básicas adquiridas pela equipe de voluntários e entregues para ONGs parceiras. No total, já foram doadas mais de 5,5 toneladas de alimentos e materiais de higiene pessoal para o Grupo Vida Brasil, de Barueri (SP).

"Podemos dizer que atuamos no setor ‘dois e meio’, ou ‘novo terceiro setor’, pois unimos a expertise profissional do segundo setor com a responsabilidade social do terceiro", explica Eugenio Singer, Fundador do PROSAI.

"Temos o envolvimento de profissionais especializados nas áreas logística, de comunicação, de marketing, social, jurídica e financeira, o que nos permite pensar fora da caixa. Além, é claro, de contar com a parceria de pessoas com envolvimento de longa data em ONGs e entidades sem fins lucrativos", reforça.

A proposta

O projeto nasceu com o objetivo de atrair potenciais parceiros, criando um processo de troca. "Empresas que não possuem programas sociais ou que desejam contemplar a questão dos idosos podem aderir ao PROSAI, que vai trazer benefícios à imagem da empresa e contribuir com o engajamento de seus colaboradores, ao mesmo tempo em que contribui com o Programa", explica Caroline Millié Figueiredo, coordenadora-geral do PROSAI.

A iniciativa é o resultado da soma de esforços de três empresas - Ramboll Brasil, Ricardo Viveiros & Associados e Tozzini Freire Advogados -, e adota a expertise empresarial e a solidariedade em suas ações, formando um "novo terceiro setor", que se refere a iniciativas privadas de utilidade pública.

Últimas