Virtz Projeto ajuda moradores de favelas em todo o país com renda extra

Projeto ajuda moradores de favelas em todo o país com renda extra

'Outdoor Social' tem ajudado famílias das comunidades usando o muro de suas casas para publicidade

  • Virtz | Diego Prado, do R7*

Moradores de comunidades estão ganhando renda extra cedendo muros de suas casas

Moradores de comunidades estão ganhando renda extra cedendo muros de suas casas

Reprodução/Divulgação

Emília Rabello, de 40 anos, é uma jornalista carioca, nascida em Angra dos Reis. A empreendedora se formou em jornalismo, porém seguiu a carreira publicitária e foi nessa área que juntou a sua experiência em propaganda com a herança de senso crítico que recebeu de sua mãe, socióloga, e do pai, jornalista envolvido com iniciativas comunitárias.

Acabou enveredando pela seara da solidariedade e sua primeira iniciativa foi com carros de som que levavam informações a fazendas e cidades do interior do país. Depois, inventou o “barco de som”, na Amazônia, que passava pelos rios da região com informações e notícias para populações ribeirinhas.

Em 2012, a empreendedora decidiu investir em um negócio de impacto social e criou o Outdoor Social que, por meio de campanhas publicitárias, divulga diversas marcas nos muros dos moradores das favelas.

Campanha de empresas ou de governos estão sendo estampadas dentro das comunidades

Campanha de empresas ou de governos estão sendo estampadas dentro das comunidades

Reprodução/Divulgação

"Subi no morro da Rocinha, no Rio de Janeiro, para ver como a população se comunicava e vi muitas faixas de pizzaria, e em época de eleição, percebi que ali tinham pôsteres e faixas dos candidatos. Ali eu vi uma oportunidade. Liguei para gráfica e resolvi criar um modelo de negócio", conta Emília ao R7.

O negócio rende R$ 100, em média, para cada morador que cede o muro. "O morador da comunidade que aluga o muro de sua casa faz com que o receptor da mensagem mude para emissor, ele vira um catalisador da propaganda e ganha uma renda extra de R$ 90 a R$ 110", explica ela.

Projeto já beneficiou mais de 30 mil famílias pelo Brasil

Projeto já beneficiou mais de 30 mil famílias pelo Brasil

Reprodução/Divulgação

Dentro dessa ação criada por Emília, são instalados 1.000 painéis por mês. Assim, 1.000 pessoas são impactadas financeiramente, recebendo um valor em dinheiro por ceder o espaço externo de suas casas. O projeto atua em favelas de todo o país.

"Hoje, 75% da população do país está classificada nas classes C, D e E. A empresa que não focar nisso, só nas outras classes mais altas, que representam 25% do Brasil, vai perder oportunidade e dinheiro", acredita a empreendedora.

Em média, mil pessoas são beneficiadas por mês com o Outdoor Social

Em média, mil pessoas são beneficiadas por mês com o Outdoor Social

Reprodução/Divulgação

Os outdoors sociais estão presentes em todos os estados do Brasil, em mais de 6 mil favelas e com painéis indo de barco para o interior do Acre. Ao todo, mais de 30 mil famílias já foram beneficiadas com a ação.

Além de gerar renda extra para os moradores das comunidades, o projeto também beneficia as marcas envolvidas, que impactam diretamente esse público. Coca-Cola, Itaú, Bradesco, TIM e P&G, são algumas das marcas que já trabalharam nesse formato.

* Estagiário do R7, sob supervisão de Luciana Mastrorosa

Últimas