Virtz Projeto brasileiro ganha prêmio internacional de educação

Projeto brasileiro ganha prêmio internacional de educação

Escolas Conectadas é o único projeto do Brasil a ganhar Prêmio UNESCO-Hamdan Bin Rashid Al-Maktoum

Com o prêmio, será disponibilizado um sistema de inteligência nos fóruns

Com o prêmio, será disponibilizado um sistema de inteligência nos fóruns

Freepik

A UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) divulgou nesta terça-feira (6), em cerimônia no World Teachers’ Day 2020, na França, os vencedores do Prêmio UNESCO-Hamdan Bin Rashid Al-Maktoum, de Melhores Práticas e Desempenho no Aprimoramento da Eficácia de Professores.

O evento destaca iniciativas que apoiem a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem no cumprimento das metas de Educação para Todos, que é uma das prioridades da entidade.

O Escolas Conectadas, da Fundação Telefônica Vivo, é o único projeto brasileiro a ganhar a premiação que, a cada dois anos, seleciona três iniciativas por meio de um júri internacional composto por cinco profissionais distintos, escolhidos pelo conhecimento e experiência em questões relacionadas a professores.

Neste ano, os projetos School Transformation Journey, da Fundação Educate Me, do Egito, e o Apps for Good, do Centro de Inclusão Digital de Portugal, também receberam o prêmio.

Os vencedores dividirão igualmente o valor de 300.000 dólares (mais de R$ 1.670.000,00), cujo investimento será revertido no próprio projeto.

"Este reconhecimento fortalece a convicção de que estamos no caminho certo para transformar a educação do nosso país, investindo e valorizando os educadores", afirma Americo Mattar, diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo.

Com o valor do prêmio, o objetivo da fundação é otimizar uma das ferramentas mais valorizadas pelos educadores: o atendimento personalizado. A partir de agora, será utilizado um sistema de inteligência na administração dos fóruns para demandas recorrentes, o que irá qualificar o tempo dos tutores nas interações com os educadores e possibilitar uma experiência ainda melhor.

Inclusão de educadores na cultura digital

O Escolas Conectadas é uma iniciativa do ProFuturo, um programa da Fundação Telefônica Vivo e da Fundação "la Caixa" que, dentre outras estratégias, estimula o ensino a distância para educadores. Desde 2015, o projeto promove a inclusão de educadores na cultura digital e incentiva o desenvolvimento de habilidades do século XXI nos alunos, por meio da prática de metodologias inovadoras de ensino.

A plataforma oferece cerca de 40 cursos gratuitos focados na troca de experiência entre educadores e na construção coletiva de conhecimento, com cursos mediados e autoformativos de diferentes cargas horárias e certificados por instituições de ensino superior reconhecidas pelo MEC (Ministério da Educação). 

O Escolas Conectadas está com inscrições abertas até o dia 12 de outubro para diferentes cursos, que acontecerão entre 13 de outubro e 9 de novembro. Os educadores podem se inscrever gratuitamente pelo site.

Últimas