Virtz Projeto garante ajuda para comerciantes e doações de refeições

Projeto garante ajuda para comerciantes e doações de refeições

Organizado pela Bunge, a proposta visa alimentar pessoas em situação de rua durante a pandemia e garantir renda para bares, padarias e restaurantes

Setor de bares e restaurantes deve ser um dos mais afetados

Setor de bares e restaurantes deve ser um dos mais afetados

Reprodução / Pixabay

De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), é estimada uma queda de faturamento de 30% para o segmento durante a pandemia do novo coronavírus.

Para ajudar os estabelecimentos a enfrentarem esse período de maneira mais tranquila, a Bunge criou o projeto Alimente o Bem. A plataforma disponibilizará vouchers de consumo em estabelecimentos, clientes ou não da empresa, para serem utilizados após o período de quarentena.

A cada voucher vendido, uma refeição completa será doada pelas marcas a instituições de São Paulo, Recife e Blumenau, que atuam dando apoio a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Além disso, padarias e confeitarias serão contemplados e poderão vender e gerar receita mesmo fechados ou sem a possibilidade de atuarem no delivery.

Toda verba adquirida será revertida aos estabelecimentos participantes. Não há lucro para Bunge, apenas descontos das taxas.

A iniciativa tem, ainda, um apelo solidário: cada voucher vendido representa uma refeição doada, beneficiando instituições como a Instituição BonPar, que atende diariamente 10 mil pessoas em situação de vulnerabilidade em São Paulo, a Associação Católica Samaritanos, que entrega duas mil refeições diárias em Pernambuco, e a Cozinha Comunitária Bom Pastor, que é responsável por alimentar 150 pessoas todos os dias em Blumenau.

O primeiro lote será de oito mil vouchers que, consequentemente, representam oito mil refeições doadas à estas entidades. Após a venda do primeiro lote, a empresa irá disponibilizar uma segunda onda de vouchers para continuar ajudando estabelecimentos e instituições.

Últimas