Virtz Projeto Literatura Acessível arrecada 15 toneladas de alimentos

Projeto Literatura Acessível arrecada 15 toneladas de alimentos

Governo do Rio de Janeiro e dois parceiros destinarão os alimentos para famílias em vulnerabilidade social

  • Virtz | Do R7

A cada 2 quilos de alimentos, um exemplar foi doado

A cada 2 quilos de alimentos, um exemplar foi doado

Reprodução/Pexels

Com apoio da iniciativa da Nova Transportadora do Sudeste (NTS) e da ONG RioSolidario, o estado do Rio de Janeiro arrecadou  15.750 quilos de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social.

A ação ocorreu por meio campanha “Literatura Acessível contra a Fome”, que promoveu a troca de alimentos por livros (todos da série Literatura Acessível, criada pelo Instituto Incluir). Cada exemplar corresponde a dois quilos de doações. 

Leia também: Mulher desafia diagnóstico de câncer e escreve livro de receitas

A inauguração ocorreu em encontro no Palácio Guanabara, e coube à primeira-dama do Rio de Janeiro e presidente de honra do RioSolidario, Analine Castro, efetuar as primeiras trocas.

“Foi um projeto lindo que o RioSolidario teve a alegria de abraçar. Juntos, motivamos a leitura e a solidariedade para apoiar quem precisa. Literatura com inclusão é pensar no próximo, no coletivo. Ampliar o acesso das pessoas com deficiência à cultura e, ao mesmo tempo, contribuir para a alimentação de famílias que estão vivendo em situação de fragilidade social é uma grande realização”, disse ela.

Durante a campanha, foram montados postos de troca de alimentos por livros na Escola de Cultura, no RioSolidario e no Liceu de Artes e Ofícios. Só na Escola de Cultura, instalada na Biblioteca Parque do Estado, foram trocados 225 livros, que somaram à campanha 450 quilos de alimentos. 

Últimas