Coronavírus

Virtz Projeto para acelerar vacinação já beneficiou mais de 2 mil cidades

Projeto para acelerar vacinação já beneficiou mais de 2 mil cidades

Movimento Unidos Pela Vacina conecta empresas a municípios brasileiros que precisam de infraestrutura para a imunização

  • Virtz | Do R7

Unidos pela Vacina quer garantir que todos os brasileiros estejam imunizados até setembro

Unidos pela Vacina quer garantir que todos os brasileiros estejam imunizados até setembro

Freepik

O Movimento Unidos Pela Vacina já ajudou mais de 2 mil cidades brasileiras na aceleração da vacinação contra a covid-19. Ao todo, cerca de 1.800 municípios foram amadrinhados por empresas e outros 240 receberam diferentes tipos de doações, de acordo com o primeiro balanço do projeto, divulgado nesta terça-feira (22).

A empresária Luiza Trajano, presidente dos Conselhos do Magazine Luiza, do Grupo Mulheres do Brasil e líder da iniciativa, destaca a importância da parceria entre a sociedade civil e empresas.

"Isso nos permitiu ajudar muitos municípios e fazer a vacina chegar mais rápido aos brasileiros. A nossa luta diária é para somar esforços e garantir que mais pessoas possam ser imunizadas no país", afirma.

"Contra a pandemia, cada minuto importa. Temos um desafio enorme pela frente até vencermos essa situação sem precedentes. Toda contribuição é bem-vinda. Nova doações são necessárias para alcançarmos o objetivo principal, que é colocar essa sum fim nessa situação tão dolorosa para nós e para o mundo", acrescenta.

O projeto faz a conexão entre o município que precisa de ajuda e o doador em potencial - empresas, instituições ou pessoas físicas - com o objetivo de garantir que todos os brasileiros estejam vacinados até setembro deste ano.

As doações vêm permitindo acelerar o processo de vacinação e deixar um legado de melhorias para o SUS (Sistema Único de Saúde). Dentre os principais itens entregues estão caixas térmicas com medidores de temperatura, refrigeradores para o armazenamento de vacinas e computadores.

Pacotes de investimento em infraestrutura

Entretanto, cerca de 2 mil cidades ainda precisam de apoio. Para facilitar esse processo, foram criados pacotes de investimentos em infraestrutura da cadeia de vacinação. Confira as quatro opções:

Módulo 1: para municípios com até 12 mil habitantes, a recomendação é adequar a unidade básica de saúde. Investimento máximo: R$ 15.000,00.

Módulo 2: para municípios de 12 mil a 40 mil habitantes, a recomendação é utilizar a estrutura de um ginásio poliesportivo para criar pontos de vacinação. Investimento máximo: R$ 22.000,00.

Módulo 3: para municípios acima de 40 mil habitantes, a recomendação é pulverizar os pontos de vacinação e eleger regiões da cidade para implantação do sistema drive-thru de vacinação. Investimento máximo (por posto volante): R$ 20.000,00.

Módulo 4: opção possível para cidade de qualquer porte populacional. Doação de equipamentos utilizados na operação de vacinação. Investimento do doador a partir de R$ 10.000,00.

Para participar do movimento e fazer doações por meio de parcerias, basta acessar o site do projeto e clicar em "quero doar".

Últimas