Projeto social já produziu e entregou mais de 500 mil máscaras

Os itens de proteção são doados para comunidades carentes de São Paulo, a ação é uma iniciativa do Governo do Estado em parceria com bancos 

Profissionais das próprias comunidades produzem as máscaras

Profissionais das próprias comunidades produzem as máscaras

Divulgação/ Pixabay

Mais de 500 mil máscaras sociais já foram produzidas e entregues em comunidades carentes de diferentes regiões da cidade de São Paulo por meio de um projeto promovido pelo governo do Estado com um investimento de R$ 2,5 milhões doados pelos bancos privados Itaú, Santander e Bradesco.

Mais de 250 costureiros e costureiras das comunidades fazem parte da campanha para a produção dos acessórios de proteção. A meta do programa é produzir 1 milhão de máscaras.

"Atingimos metade da meta e pretendemos finalizar o restante da produção nas próximas semanas para poder celebrar 1 milhão de pessoas beneficiadas", explica a coordenadora de Formação Inicial e Educação Continuada do CPS, Marisa Souza.