Virtz Rede social de consumo local conecta pessoas de mesmo bairro

Rede social de consumo local conecta pessoas de mesmo bairro

Lançado em maio, MeuVizinho.me tem o objetivo de aproximar pessoas e fomentar o comércio local

  • Virtz | Do R7

O MeuVizinho.me conecta pessoas, fomentando o comércio local

O MeuVizinho.me conecta pessoas, fomentando o comércio local

Mohamed Hassan/Pixabay

A internet, sem dúvidas, aproxima pessoas que estão longe, mas o desafio atual é conectar quem está próximo. Esse é o principal objetivo do webapp MeuVizinho.me, que foi lançado em maio e já está presente em mais de 1 mil cidades pelo Brasil. 

O MeuVizinho.me conecta pessoas, fomentando o comércio local e ajudando quem trabalha de forma autônoma de sua residência, ao pequeno empreendedor.
Com isso, permite que qualquer pessoa cadastre seus produtos e serviços, os quais ficam visíveis para quem está localizado nas proximidades.

Em pouco mais de cinco meses, a primeira rede social de consumo local do Brasil, alcançou mais de 25 mil vizinhos cadastrados.

De acordo com Carlos Ávila, fundador do webapp, o mais interessante é que as pessoas podem usar a plataforma para divulgar o seu trabalho e, ao mesmo tempo, consumir e utilizar o serviço prestado por seus vizinhos.

“Neste momento difícil que estamos vivendo no Brasil, com a pandemia e o desemprego aumentando, fomentar o comércio local é uma saída positiva para todos”, afirma Ávila.

Para mostrar ao usuário todos os serviços que existem à sua volta, a plataforma utiliza a geolocalização. Além disso, é totalmente gratuita, tanto para quem divulga quanto para quem procura pelos serviços: não existe nenhuma taxa de inscrição, comissões ou tarifas.

Segundo o criador, o propósito é conectar pessoas que estão próximas, para que possam consumir entre elas. “Por isso, não faria sentido ter uma cobrança, já que queremos ajudar o pequeno profissional a aumentar as vendas", explica.

Para se cadastrar basta acessar o site do MeuVizinho.me.

Últimas