Robôs substituem estudantes em cerimônia de graduação no Japão

Tablets foram instalados no lugar do rosto dos robôs e os graduandos puderam participar da celebração à distância, sem deixar suas casas

Robôs de telepresença do tipo 'Newme' ajudaram estudantes japoneses a receber seus diplomas

Robôs de telepresença do tipo 'Newme' ajudaram estudantes japoneses a receber seus diplomas

Reprodução/ Universidade BBT

Escolas em todo o mundo têm sido forçadas a fechar as portas graças ao avanço do novo coronavírus, mas um grupo de estudantes no Japão não deixou que a pandemia arruinasse sua cerimônia de graduação.

Usando robôs de telepresença chamado de “Newme”, os estudantes da Universidade Business Breakthrough (BBT), em Tóquio, foram capazes de cruzar o salão e receber seu diploma (quase) em mãos – tudo isso, sem precisar sair de casa, segundo informações do jornal online Daily Mail.

Os robôs receberam as tradicionais roupas de formatura. Presos à cabeça, no lugar da face, receberam tablets que mostraram os rostos dos graduandos. Os estudantes também puderam, à distância, controlar os movimentos dos robôs, no que está sendo considerada a "primeira cerimônia online de graduação do mundo."

Cerimônia online

Os graduandos foram representados pelos robôs e puderam controlar os avatares à distância

Os graduandos foram representados pelos robôs e puderam controlar os avatares à distância

Reprodução/ Universidade BBT

Durante a formatura, quatro estudantes virtualmente caminharam pelo salão do Hotel Grand Palace, em Tóquio, para receber seus diplomas. A cerimônia ocorreu no último dia 28.

O professor Shugo Yanaka, reitor da Global Business Administration, faculdade de Administração e Negócios da Universidade BBT, foi quem planejou a cerimônia. "Enquanto as medidas de isolamento em relação ao novo coronavírus são necessárias, o uso dos avatares [robôs representando pessoas] pode se tornar uma forma mais calorosa e cerimônia de graduação", disse ele.

O 'Newme' é um robô que funciona como avatar, compreendendo uma base, uma tela, câmera, microfone, autofalantes e sensores de impacto. Ele pode se mover dentro de um espaço e se comunicar com outro robô que esteja em outro lugar.