Serena Williams doa premiação de torneio para incêndios na Austrália

Ex-número 1 do ranking seguiu exemplo de outros atletas e destinou R$ 177 mil para campanha de arrecadação de fundos para vítimas do fogo no país

Serena venceu Pegula por 2 sets a 0 na final (6/3 e 6/4)

Serena venceu Pegula por 2 sets a 0 na final (6/3 e 6/4)

Reprodução/Instagram/@serenawilliams

O ranking oficial pode não indicar, mas Serena Williams ainda é a tenista número 1 do mundo. Ao conquistar o seu primeiro torneio depois de se tornar mãe, a norte-americana decidiu doar toda a premiação do ASB Classic de Auckland para ajudar nos combates aos incêndios na Austrália.

Na Nova Zelândia, Serena, hoje número 9 do ranking da WTA (Associação Feminina de Tênis), voltou a sentir o sabor de conquistar um torneio. Há três anos, ela conquistou o Australian Open, se tornou mãe da pequena Alexis Olympia, sofreu com a depressão pós-parto e enfim voltou a atuar, no fim do ano passado.

Serena doou US$ 43 mil (aproximadamente R$ 177 mil) para a campanha de fundos para as vítimas dos incêndios na Austrália. Além dela, os tenistas Nick Kyrgios, Maria Sharapova e Novak Djokovic também já haviam contribuído com a causa. Na Fórmula 1, Lewis Hamilton foi outro a ajudar na arrecadação.

Serena venceu a também norte-americana Jessica Pegula por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Atletas fazem doações para o combate às queimadas na Austrália