Virtz Vendedor de água de coco ganha pôster depois de gentileza

Vendedor de água de coco ganha pôster depois de gentileza

Sem dinheiro no bolso, influenciadora digital recebeu coco com promessa de pagar quando pudesse e decidiu retribuir com sinalização da barraca

  • Virtz | Do R7

Barraca de água de coco ganha pôster fofo depois de gentileza

Barraca de água de coco ganha pôster fofo depois de gentileza

Reprodução/Instagram

Depois de ganhar um coco gelado na Orla de Cabo Branco, em João Pessoa (PE), na terça-feira (25), a influenciadora digital Larissa Michelin retribuiu a boa ação. Encomendou uma placa com o escrito "Barraca do Jeremias" e pregou na frente do local, para facilitar a identificação do ponto em que recebeu a gentileza.  

Larissa estava andando na orla da praia e, depois de se exercitar, queria muito uma água de coco. Sem dinheiro sacado, parou na primeira barraca e perguntou se aceitava cartão. Recebendo uma negativa, foi procurar outra barraca. Passando por várias, mas sem encontrar uma que aceitasse, ouviu alguém chamando: “moça!!”.

Quando olhou, percebeu que quem chamava era o senhor da primeira barraca, o seu Jeremias. “Pode pegar o coco, outra hora você me paga”, disse e deu o coco à Larissa. "Eu agradeci muito e isso me chamou muita atenção pois ele fez um ato generoso para uma desconhecida, sem pensar em nada em troca", conta Larissa.

Larissa Michelin (esq.), seu Jeremias e sua filha em frente à barraca na Orla de Cabo Branco

Larissa Michelin (esq.), seu Jeremias e sua filha em frente à barraca na Orla de Cabo Branco

Reprodução/Instagram

A influenciadora, que tem mais de 500 mil seguidores, postou nos stories do Instagram contando o ocorrido e poucas horas depois a filha do Jeremias mandou uma mensagem dizendo que a seguia e que queria muito encontrá-la. "Voltei lá com as amigas e conversamos com Jeremias. Ele disse que ficou muito feliz, que direto faz isso com quem passa por ali... Conversamos sobre o coco, que por sinal é o melhor do mundo e ali surgiu a ideia de dar um upgrade na barraquinha, para ficar mais fácil das pessoas reconhecerem e provarem, quando estiverem por aqui", conta. 

Ao retornar com suas amigas, ela conversou com seu Jeremias e pediu um “prego emprestado”. Quando ele voltou, Larissa esticou o pôster e perguntou se estava bom para ser pregado no quiosque. Surpreso, Jeremias abriu um sorriso e agradeceu.

Últimas