Bilionários do mundo entram na luta contra o coronavírus

O presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, prometeu US$ 1 bilhão de sua participação na empresa Square para ajudar nos esforços de combate aos efeitos da pandemia da covid-19.

Além de Dorsey, Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, ofereceu US$ 100 milhões para meios de comunicação que divulguem conteúdos que orientem a população contra a doença. Ele ainda investe em pesquisas por remédios para combater a covid-19.

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, prometeu US$ 100 milhões para a ONG Feeding America e vai contratar 100 mil novos funcionários nos EUA.

O CEO da Apple, Tim Cook, doou US$ 7 milhões à China e 10 milhões de máscaras a profissionais de saúde.

A Fundação Bill & Melinda Gates prometeu US$ 50 milhões como parte de um fundo de US$100 milhões para o combate à covid-19.