Médico de 98 anos se arrisca no combate à covid-19 na França

O doutor Christian Chenay, de 98 anos, tem quase idade suficiente para lembrar da Gripe Espanhola de 1918 e tratou de pacientes com febre tifóide durante a 2ª Guerra Mundial, segundo informações da agência Reuters.

Agora, quando se aproxima de seu 99º aniversário, ele ainda cuida de pacientes em meio à pandemia de covid-19.

O médico, que atua em em Chevilly-Larue, na França, mesmo tendo alcançado a longeva idade, trata de pacientes que conheceu há sete décadas.

Christian Chenay avalia os pacientes virtualmente e até visita uma casa de repouso para clérigos.

"Eu tenho quase 99 anos. Deveria reduzir minhas atividades por várias razões. Trabalho mais lentamente do que antes, tenho de ter cuidado", afirma.

Chenay é um dos únicos três médicos em uma cidade de 19 mil habitantes em meio à grande crise que afeta o sistema de saúde francês, e também o mundo.

"Ele é uma pessoa extraordinária, com sua idade, sua lucidez, seu trabalho de vida, mesmo com sua idade avançada", diz Yvette Moreau, que mora na mesma cidade que o profissional e apoia seu trabalho em meio à pandemia.