Voluntária em abrigo de animais reencontra gato perdido há 3 anos

Adolescente notou focinho familiar no segundo dia de trabalho no local e logo matou a charada: tratava-se de Spunky, seu antigo companheiro

Voluntária em abrigo para animais reencontrou gatinho perdido há três anos

Voluntária em abrigo para animais reencontrou gatinho perdido há três anos

Reprodução/KMTR

Hannah Rountree, 15, decidiu ser voluntária em um abrigo para animais de Roseburg, nos EUA. No segundo dia de trabalho, a adolescente fez uma descoberta de tirar o fôlego, ao notar um focinho para lá de familiar.

Tratava-se de Spunky, um gatinho que havia crescido com a jovem, mas estava desaparecido há três anos, após uma viagem de férias da família.

Leia mais! Menino com câncer ganha passeio de unicórnio antes do tratamento

"Ele foi meu primeiro gato e o primeiro ser com que me relacionei quando criança, então foi muito difícil. Chorei muito", relatou Hannah ao canal KMTR, afiliado à NBC.

Spunky havia desaparecido após uma viagem de férias de Hannah com a família

Spunky havia desaparecido após uma viagem de férias de Hannah com a família

Reprodução/KMTR

A adolescente conta ter passado meses procurando pelo companheiro, mas sem sucesso: "Pensei que ele poderia ter falecido ou sido levado para longe por alguém."

Além de surpresa em reencontrar Spunky, Hannah tem uma questão pertinente: "Onde você esteve nesses três anos? Talvez nunca saibamos", pondera.

Veja também: Cachorra salva rebanho de ovelhas de incêndio na Austrália

No entanto, Wendy Kang, diretora do abrigo, tem um inídico dessa trajetória épica. Ela explica que o bichano chegou ao local no início de setembro, após ter sido encontrado à beira de uma estrada. Lá, ele passou a se chamar Bear e foi adotado por um casal, que logo o devolveu porque ele não queria caçar ratos.

Para sorte de Hannah e, por que não, do próprio Spunky, que já se readaptou ao antigo lar e agora possui um microchip com os dados da tutora, caso deseje sair por aí novamente sem avisar...

O gatinho fujão agora possui um microchip de identificação

O gatinho fujão agora possui um microchip de identificação

Reprodução/KMTR